Turquesa significa “pedra turca”, não porque é encontrada na Turquia, mas porque antigamente a rota comercial que trazia essa gema para a Europa, passava pela Turquia.

Há mais de 4.000 anos AC a esta pedra já era usada como decoração, amuleto e até maquiagem.

Suas principais jazidas estão no Irã, Afeganistão e sudoeste dos EUA.

Achar uma turquesa azul pura é muito difícil, geralmente as peças tem veios pardos, cinzas ou até negro, que na verdade são fragmentos naturais de outros minerais.

Por ser uma gema porosa, requer alguns cuidados, pode perder seu brilho ou mudar a cor com produtos químicos, (como perfumes e cremes) e com calor excessivo (como a solda). Uma dica é sempre retirar os anéis antes de lavar as mãos e nunca aplicar perfumes em cima dos colares. Se caso ela perder a cor pode ser hidratada com óleo natural ou em alguns casos polida novamente.

A turquesa ganhou amantes fieis quando o estilo Boho-chic ficou mais forte. Dando destaque principalmente para a pedra do Arizona (EUA) com sua prata envelhecida e bem pesada.

Mas é claro que para quem ama pedras, a Turquesa não é novidade, com muitas pedras ou uma enorme, com prata lisa ou envelhecida sua cor é apaixonante!

Algumas das peças exclusivas da Pedra e Prata: